Bolsonaro anuncia queima de 3.751 imóveis públicos entre terrenos, prédios e outros!

COMPARTILHE!

Foto: Agência Brasil.
Foto: Agência Brasil.

Economia / Meta do capitão e sua turma de ultraliberais é vender o patrimônio público do País.

BlOG DO POVO / O exterminador do futuro ataca novamente. Após torrar parte da Petrobras e anunciar que pretende queimar também a Caixa e o Banco do Brasil, o presidente Bolsonaro anuncia, através de Medida Provisória, novo queimão de 3.751 imóveis públicos. Segundo matéria do Globo (30), entre os bens "há terrenos, galpões, prédios, salas comerciais e até fazendas." Meta é jogar tudo fora até 2022.

Leia também:

De graça

O desespero de Bolsonaro para entregar o patrimônio público do País é tanto que ele promete fazer promoções no ato das vendas. Sobre isto, a matéria do Globo diz também:

"A MP também estabelece que, caso uma concorrência ou leilão público fracasse, a SPU [órgão do Ministério da Economia], poderá realizar uma segunda tentativa com um desconto de 25% sobre o valor que havia sido estabelecido. Se essa segunda rodada também falhar, os imóveis serão disponibilizados para venda direta, também com o desconto. Atualmente, já há disponibilização para a venda direta quando há um fracasso na primeira tentativa, e sem o desconto."

A MP diz que caso as promoções não funcionem, imóveis poderão ser doados até para pessoas físicas e jurídicas. Um paizão esse Bolsonaro e sua equipe econômica, quando se trata de doar o que é de milhões de brasileiros.

COMPARTILHE!

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre Economia:

Mais recentes do site: