Governo corta quase R$ 6 bi da Educação e dá milhões ao vice! Veja...

Fim dos privilégios? Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.
Fim dos privilégios? Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

É a 'nova política' de que tanto fala o capitão

Categoria: Economia | O governo Bolsonaro publicou hoje (29) o Decreto 9.741/19, que mete a tesoura em R$ 5,839 bilhões da Educação e não toca num centavo sequer dos R$ 7,6 milhões que o vice presidente Mourão tem para se esbaldar neste ano em despesas voluntárias.  É a 'nova política' de que tanto fala o capitão. Ver cortes nas outras áreas, após o anúncio.

Além do corte bilionário na Educação, Bolsonaro bloqueou também verbas de outras pastas. No Ministério da Cidadania, bloqueio foi de R$ 1,050 bilhão. Minas e Energia  sofreu um contingenciamento de 80% da verba discricionária prevista. E Infraestrutura perdeu "só" 40% dos seus recursos

O Ministério da Defesa sofreu um bloqueio de R$ 5,107 bilhões, o equivalente a 39% de seu Orçamento em verbas discricionárias. Saúde foi "poupada" e ministério perdeu "apenas" R$ 599 milhões. "Valeu, capitão!", dizem os bolsominions.

Com informações de: Folha de S.Paulo e site da Câmara dos Deputados


Dicionário do Povão: se esbaldar é o mesmo que se aproveitar de uma situação muito vantajosa.