Previdência / Com reforma aprovada, Globo agora mostra como o povo se ferrou! Confira...

Economia / Com o projeto aprovado no Senado, o que vale de fato agora é trabalhar e contribuir mais e, caso consiga se aposentar, conviver com a triste realidade de receber menos.

COMPARTILHE!

BlOG DO POVO / A Rede Globo — de forma escancarada — jogou pesado para tentar convencer seus seguidores de que a reforma da Previdência proposta por Jair Bolsonaro era a salvação do povo brasileiro. "Ou faz ou o País se acaba" e "sua vida vai piorar", este era o tom da campanha mentirosa diária feita nos programas de TV, jornais escritos, rádios e portais de internet. Agora que o Senado bateu o martelo e aprovou o projeto, os Marinhos publicam matéria para mostrar que na verdade o povo fez mesmo foi se ferrar. Continua, após o anúncio.

Repensar os planos

Em matéria de hoje (27) O Globo diz que a partir de agora, com o aumento da idade mínima de 65 anos para os homens e 62 para as mulheres, brasileiros terão que repensar seus planos. Veja:

"A idade mínima e outras mudanças, como o cálculo de contribuições e benefícios, afetam também a vida de milhares de trabalhadores brasileiros a longo prazo. Quem acaba de entrar no mercado de trabalho ou mesmo aqueles que já estão no fim da jornada profissional serão obrigados a repensar seus planos."

Por "repensar seus planos", entenda: trabalhar e contribuir mais e, se conseguir se aposentar, receber menos. Continua, após o anúncio.

Mais jovens e mais velhos ferrados

Diz mais o jornalão:

"Os mais jovens precisarão traçar estratégias para uma vida mais longa no trabalho que a de seus pais. Os mais velhos terão que ficar atentos às regras de transição para requerer a aposentadoria com o menor impacto sobre seus planos de carreira originais. Na hora da decisão, dizem os especialistas, cada caso é um caso."

Mais gastos

"A recomendação dos analistas é não só manter as contribuições para o sistema previdenciário público, que também tem a função de seguridade, mas também investir numa reserva capaz de gerar renda complementar."

Investir numa reserva capaz de gerar renda complementar? Como? O que a maioria dos trabalhadores ganha mal dá para comer. Continua, após o anúncio

Por fim, O Globo mostra o caso de Dona Terezinha Yunes. Pelas regras atuais, ela se aposentaria daqui a 5 (cinco) anos. Com o projeto aprovado, terá que cumprir mais 14 anos no batente.

Nossos pêsames aos que acreditaram nas mentiras do Bolsonaro e nas lorotas da Globo.

COMPARTILHE!

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas de interesse social!

Mais recentes sobre Economia:

Mais recentes do site: