Vergonha | Você pode comprar um juiz até por R$ 750, diz The Intercept Brasil! Veja...

Justiça | Há sentenças baratas e outras que podem chegar a R$ 400 mil. Depende do caso. 

COMPARTILHE!

Segundo matéria de hoje (30) do The Intercept Brasil, é possível comprar um juiz em nosso país até por 750 reais. Há casos, no entanto, diz também o site, que as sentenças chegam a R$ 400 mil. Essa prática delituosa é estimulada no Brasil porque quando um magistrado é pego nesse tipo de ação é punido com aposentadoria. Continua, após o anúncio.

Maus exemplos

Diz o The Intercept:

"Em São Francisco do Conde, na região metropolitana de Salvador, uma decisão judicial para livrar um político de uma acusação de corrupção sai por R$ 400 mil. Em Xinguara, no Pará, um habeas corpus para um acusado de assassinato, por R$ 70 mil. Na pequena Ceará-Mirim, no interior do Rio Grande do Norte, o valor é mais humilde: R$ 750 cada liminar."

Até corregedores

Segundo ainda a matéria do The Intercept, esse lucrativo mercado de "venda de sentenças" engloba muitos juízes e desembargadores. A reportagem encontrou "dezenas de processos investigados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Há casos em nove tribunais estaduais e três tribunais federais." Alguns envolvem até corregedores, ou seja, magistrados responsáveis por apurar irregularidades de colegas. Continua, após o anúncio.

"Punição"

A punição mais grave que um magistrado corrupto pode receber do CNJ é a aposentadoria compulsória. Está explicado por que há tantas irregularidades na Justiça do nosso país.

Mais recentes sobre justiça:

Mais recentes do site: