Terror | Bolsonaro recomenda a professora livro do torturador Ustra! Veja...

Educação Ustra foi condenado em segunda instância, acusado de cometer inúmeros casos de tortura, inclusive contra professoras e professores

COMPARTILHE!

Brilhante Ustra é acusado de dezenas de casos de tortura durante o período da ditadura militar, 1964-1985. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil.
Brilhante Ustra é acusado de dezenas de casos de tortura durante o período da ditadura militar, 1964-1985. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil.

Fiel à sua tradição de defensor de ditadura, o presidente Jair Bolsonaro recomendou a uma professora na manhã desta segunda-feira (30) um livro escrito pelo  coronel torturador Carlos Alberto Brilhante Ustra. Informação está em matéria de hoje (30) do Globo. Continua, após o anúncio.

Torturador

O herói da família Bolsonaro e do vice Mourão foi condenado em segunda instância por inúmeros casos de tortura na ditadura militar, inclusive contra professoras e professores. Ele cometia seus crimes sob a guarda do DOI-CODI (Destacamento de Operações de Informações) em São Paulo, órgão que chefiava no auge dos governos dos generais.

— Fala pra ela [professora] ler o livro "A verdade sufocada" aí. Só ler. Depois ela tira as conclusões. Lá são fatos, não é blá blá blá de esquerdista não — comentou Bolsonaro [em conversa com um grupo de estudantes]. 

Mais recentes sobre Educação:

Mais recentes do site: