Queda | Deltan não se segura após provas de que conspirou contra ministros do STF, diz analista! Veja...

Deltan ultrapassou o limite dos limites e incentivou procuradores da Lava Jato a investigar de forma clandestina ministros do STF.
Deltan ultrapassou o limite dos limites e incentivou procuradores da Lava Jato a investigar de forma clandestina ministros do STF.

O procurador está num beco sem saída e não tem como se segurar.

Categoria: MOROGATE | Deltan Dallagnol está num beco sem saída e sua queda na Lava Jato é dada como certa por analistas das mais diversas matizes ideológicas, inclusive por gente ligada à própria força-tarefa. Situação se tornou insustentável após The Intercept — desta feita em parceria com o El País — divulgar ontem (6) novas mensagens onde o procurador aparece de forma reincidente conspirando até internacionalmente contra ministros do STF, em particular Gilmar Mendes e Dias Toffoli, atual presidente do Supremo.

Obsessão

"Sonho que Toffoli e GM [Gilmar Mendes] acabem fora do STF rsrsrs", disse Dallagnol em mensagem do dia 20 de abril de 2017, no grupo Filhos de Januário 1. O comentário veio logo após o procurador defender que o impeachment de Gilmar "seria uma história bem típica de Lava Jato". Esse foi apenas um de muitos comentários defendendo aos colegas que se trabalhasse para gerar uma interdição a Mendes, mostrando quase uma obsessão. (Extraído do Brasil 247).

Analista

Segundo o sociólogo Plínio Medeiros, Deltan não conseguirá mais se segurar e será sacado da Lava jato. O analista diz que o procurador corre o risco até de ser afastado do serviço público. "Ele [Deltan] exagerou em sua sanha persecutória e pensou que era absoluto. Isto foi um erro grave que cometeu e fará´com que até seus pares defendam seu afastamento da operação Lava Jato, algo que já ocorre inclusive nos bastidores. Embora de forma mais remota, Deltan pode perder até seu cargo de servidor público", opinou Medeiros.

Mais recentes: