Acabou | Ala do STF diz que situação de Deltan é insustentável e ele é aconselhado a sair do país! Veja...

Deltan ultrapassou o limite dos limites e incentivou procuradores da Lava Jato a investigar de forma clandestina ministros do STF.
Deltan ultrapassou o limite dos limites e incentivou procuradores da Lava Jato a investigar de forma clandestina ministros do STF.

A coisa está cada vez mais difícil para o "pastor" Dallagnol.

Categoria: MOROGATE | A coisa não está nada fácil para o "pastor" procurador Deltan Dallagnol. Após as últimas mensagens divulgadas pelo The Intercept, onde ele aparece incentivando procuradores a investigar de forma clandestina ministros do STF, sua cabeça foi definitivamente posta a prêmio. Sobre isso, segundo matéria de hoje (3) da coluna Painel, Folha de S.Paulo: Ver após anúncio.

"Subprocuradores da República avaliam que, com a série de reveses impostos à Lava Jato e a Deltan Dallagnol na quinta (1º), uma ala do Supremo emitiu um sinal claro aos órgãos de controle do Ministério Público Federal de que, para ela, a situação do coordenador da força-tarefa de Curitiba se tornou insustentável."

Sair do país

"Integrantes da cúpula da PGR dizem que, se pudessem dar um conselho a Deltan, seria o de se afastar voluntariamente por um tempo, saindo inclusive do país, para retornar depois." Continua, após o anúncio.

"Procuradores próximos do grupo de Dallagnol dizem que um afastamento voluntário soaria como confissão de culpa ou admissão de que as mensagens obtidas pelo The Intercept são verdadeiras — gesto que estaria fora do radar da força-tarefa." 

Sem chances

"Esses membros do MPF acreditam que não há mais chance de o procurador escapar de punição no Conselho Nacional do Ministério Público -que já fala em afastá-lo cautelarmente das funções."

Teimoso

"Procuradores próximos do grupo de Dallagnol dizem que um afastamento voluntário soaria como confissão de culpa ou admissão de que as mensagens obtidas pelo The Intercept são verdadeiras — gesto que estaria fora do radar da força-tarefa." 

A coisa está cada vez mais difícil para o "pastor" Dallagnol

Mais recentes: