Festa no Palácio | Senado deu mais um passo para acabar a aposentadoria dos trabalhadores! Veja...

Economia | Um grande retrocesso. Milhões de trabalhadores, dos setores populares e médios, serão muito prejudicados já a curto prazo. 

COMPARTILHE!

Sérgio Moro, ministro da Justiça, e o presidente Bolsonaro. União de todo o governo contra os direitos da maioria da população. Foto: Agência Brasil.
Sérgio Moro, ministro da Justiça, e o presidente Bolsonaro. União de todo o governo contra os direitos da maioria da população. Foto: Agência Brasil.

A bomba da reforma da Previdência está prestes a explodir em definitivo na cabeça da maioria do povo brasileiro. Em votação hoje (1) na CCJ do Senado foi aprovado o texto-base da PEC 6/2019. Na prática, é o fim da aposentadoria dos trabalhadores e um grande retrocesso, onde milhões de pais e mães de família — dos setores populares e médios da população — serão duramente prejudicados. Foram 17 votos a favor e 9 contrários. Todo o governo Bolsonaro está em festa. Agora, o passo final é a votação no plenário do Senado, prevista para o próximo dia 10 deste mês. Continua, após o anúncio.

Prejuízos

Essa reforma traz inúmeros prejuízos aos trabalhadores, que praticamente ficarão impossibilitados de se aposentar, devido à absurda imposição de idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres. Além disso, tudo estará condicionado a tempo de contribuição. Benefício integral só após mínimo de quarenta anos pagando a previdência. 

Professores

Os professores estão entre os mais prejudicados, pois perdem as regras atuais da aposentadoria especial. Com isso, principalmente no caso das mulheres, tempo de sala de aula pode aumentar em até 10 anos. Continua, após o anúncio.

Pensão

Quem também perderá bastante são os que recebem pensão por morte. Esta deixará de ser integral. Em muitos casos, o benefício poderá ter o valor inferior a um salário mínimo. 

Acompanhe nossas redes sociais e receba informações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre economia:

Mais recentes do site: