Sem jeito | Ministro confunde erro de digitação com erro de Português e comete gafe novamente! Veja...

Abraham Weintraub, ministro da Educação. Foto: Agência Brasil.
Abraham Weintraub, ministro da Educação. Foto: Agência Brasil.

É melhor o ministro Weintraub ficar calado para não se complicar ainda mais. 

Categoria: EDUCAÇÃO | O ministro da Educação Abraham Weintraub tentou justificar pelo Twitter os dois erros grosseiros de Português que cometeu em um ofício e acabou por protagonizar nova gafe. Weintraub grafou indevidamente "paralização" e "suspenção". Na justificativa, disse que erros ocorrem. No entanto, em seu novo texto confundiu erro ortográfico com erro de digitação, conforme veremos após o anúncio.

Os erros que o ministro aponta no Estadão e no Brasil 247 são claramente de digitação. "Congreso" só com um "s" dá som de z, algo que até um menino de primeira série sabe, quanto mais um redator de um grande jornal. Em "Boslonaro", o erro de digitação fica mais claro ainda, vez que se trata de uma palavra diferente da que o redator quis escrever. Continua, após o anúncio.

Já os erros do ministro são de Português mesmo. É comum uma pessoa que não foi alfabetizada direito, como parece ser o caso de Weintraub, trocar "s" por "z" ou por "ç". Portanto, é melhor o ministro ficar calado para não se complicar mais ainda.

Mais recentes: