Reforma Administrativa será enviada esta semana e é uma bomba contra o servidor

Economia | Proposta é tão ruim que o presidente tenta tirar o dele da reta, ao dizer que culpa é do parlamento.

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil.
Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil.

BLOG DO POVO | Segundo matéria da Agência Brasil (18), o presidente Jair Bolsonaro anunciou que enviará o projeto de Reforma Administrativa para o Congresso ainda esta semana. 

Pelo que já foi vazado para a imprensa, proposta é uma bomba contra o servidor. Salários iniciais mais baixos, fim da estabilidade e congelamento das carreiras fazem parte do coquetel de maldades que o governo quer aprovar.

Muito ruim

Essa reforma é tão ruim que  Bolsonaro tenta tirar o dele da reta, ao afirmar que culpa pela eventual aprovação da medida será do parlamento, sendo ele Bolsonaro o autor da proposta. Continua, após o anúncio.

Leia também:

Diz a matéria da Agência Brasil

Algumas categorias, segundo o presidente [Bolsonaro], manterão a estabilidade e outras prerrogativas vigentes atualmente, mas que caberá ao Parlamento definir quais serão os segmentos a serem contemplados. "Vamos ter algumas [categorias], que serão propostas por nós, e depois o legislativo pode alterar e propor outras. Grande parte, quem faz a reforma, como sempre foi, a palavra final é do Legislativo, ainda mais PEC, ele dicidem, eles promulgam", disse. 

Observe como o presidente Bolsonaro tenta jogar a bomba para a responsabilidade de deputados e senadores, sendo ele o autor da proposta. 

Medida vai afetar atuais e futuros servidores, embora o presidente e sua equipe econômica tentem esconder que quem já está no serviço público também será prejudicado.

COMPARTILHE!

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre Economia:

Mais recentes do site: