ONU | Bolsonaro faz discurso raivoso e é comparado a líder chulo de facção criminosa! Veja...

Bolsonaro, o raivoso. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil .
Bolsonaro, o raivoso. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil .

Categoria: Bozos | Após discursar hoje (24) de forma raivosa na 74ª Assembleia Geral  da ONU, o presidente Jair Bolsonaro foi comparado a líder chulo de facção criminosa  "É um desequilibrado, despreparado e envergonha o Brasil e o mundo. Parece mais um líder chulo de facção criminosa atacando quem considera inimigo", disseram quase em uníssono analistas das mais diferentes vertentes políticas. Continua, após o anúncio.

Ignorante e grosseiro, atacou um fantasma e médicos

À falta de ideias serenas e corretas sobre o Brasil e o mundo, Bolsonaro destilou toda sua ignorância e grosseria ao afirmar que libertou o Brasil do Socialismo e de "falsos médicos" cubanos. Socialismo — até um garoto de quinta série sabe — nunca existiu em nosso país. Bolsonaro viu um fantasma, portanto. E os médicos cubanos, milhões de brasileiros conheceram, estão entre os profissionais da medicina mais preparados do mundo.

Mentiu sobre a economia

Bolsonaro aproveitou também toda a sua ira e vocação para a mentira para afirmar que a economia do Brasil voltou a crescer. Os dados do próprio governo mostram que com Bolsonaro o desemprego cresceu e o PIB não dá qualquer sinal de recuperação neste ou nos próximos anos. Continua, após o anúncios.

Atacou os índios e jogou pilhéria em lideranças mundias

Além de ter agredido a delegação cubana, que se retirou do recinto após o fascista começar a berrar, Bolsonaro também atacou os índios e jogou pilhéria de mau gosto em lideranças mundiais. A pretexto de parecer defensor da Amazônia — algo que nunca foi —, disse que ela não é patrimônio da humanidade. E, sem citar os nomes, é um covarde, atacou o presidente francês Emmanuel Macron e a chanceler alemã Angela Merkel. 

Por fim, atacou os povos indígenas que de forma digna lutam por suas terras:

— Acabou o monopólio do senhor Raoni

O cacique "Raoni é um líder indígena brasileiro da etnia caiapó. É conhecido internacionalmente por sua luta pela preservação da Amazônia e dos povos indígenas." 

Bolsonaro é, sem dúvidas, uma vergonha para o Brasil e o mundo.

Mais recentes sobre bozos:

Mais recentes do site: