Dia 14 | Crimes da Vaza Jato e relatório final da reforma impulsionam ainda mais a Greve Geral! Veja...

Tudo indica que já é maio que a de 2017

Categoria: Política | A Greve Geral é muito expressiva em todo o país. Os escândalos da Vaza Jato e o relatório final da reforma da previdência ajudaram a impulsionar ainda mais o movimento. 

Milhões de trabalhadores estão parados e o movimento já é maior que a greve de 2017, quando centenas de milhares saíram às ruas contra o desgoverno Temer. Bolsonaro é outro forte fator de mobilização dos trabalhadores e da juventude, pois consegue ser pior que o temeroso.

Continua, após o anúncio.

Vaza Jato e reforma impulsionam luta

Os escândalos denunciados pelo site Intercept Brasil contra Moro, Dallagnol e a Vaza Jato ajudaram a impulsionar ainda mais a luta deste Dia 14. Até muitos que acreditaram no ex-juiz se mostram decepcionados com as armações dos homens de toga.

Outro ponto que também ajuda a levar milhões às ruas é a conclusão do relatório da reforma da Previdência no Congresso. Texto na prática decreta o fim da aposentadoria dos trabalhadores. 

Sem transporte...

Um dos principais seguimentos que já decidiu grevar é o de transportes. Ônibus e metrôs estão parados em praticamente todas as grandes cidades brasileiras. Com isso, comércio, fábricas, shoppings e todos os demais locais de empreendimento tendem a ficar vazios. Continua, após anúncio.

Sem aulas

Também não está tendo aulas, pois professores dos setores público e privado decidiram parar. Estudantes — organizados principalmente pela UNE — engrossam também o movimento.

O Dia 14, portanto, é de Greve Geral. Todos à Luta!

Mais recentes: