Anula | Diálogo entre Monique e Ângelo sobre Moro mostra que Lava Jato deve ser anulada! Veja...

Foto: José Cruz/Agência Brasil
Foto: José Cruz/Agência Brasil

O sistema jurídico do país não permite inquisição

Categoria: MOROGATE | Nas mensagens divulgadas hoje (29) pelo The Intercept Brasil, mais um fato gravíssimo foi escancarado. Segundo diálogo entre o procurador Ângelo e a procuradora Monique, o ex-juiz Sérgio Moro passou por cima do ordenamento jurídico brasileiro. Isto, por si só, anula todas as ações da Lava Jato.

Inquisição

Moro, de acordo com o que fica claro no diálogo entre os procuradores, usou o método inquisitivo para agir na Lava Jato. Esse método — comum na Idade Média — é proibido pelo ordenamento jurídico brasileiro, pois anula o papel da acusação — Ministério Público — na medida em que o juiz assume também essa tarefa.

Publicidade

Sem chances para o réu

Ao assumir o papel de acusador e juiz, Moro tirava as chances de os réus serem absolvidos, a não ser quando era de seu interesse, como no caso de Cláudia Cruz, mulher de Eduardo Cunha. Quando se tratou de Lula, a quem Moro tinha e tem como adversário político, o ex-juiz foi implacável ao usar seu método inquisitivo. Ver os diálogos, após o anúncio.

1º de novembro de 2018

Ângelo - 10:00:07 - Cara, eu não confio no Moro, não. Em breve vamos nos receber cota de delegado mandando acrescentar fatos à denúncia. E, se não cumprirmos, o próprio juiz resolve. Rs.

Monique - 10:00:30 - Olha, penso igual.

Monique - 10:01:36 - Moro é inquisitivo, só manda para o MP quando quer corroborar suas ideias, decide sem pedido do MP (variasssss vezes) e respeitosamente o MPF do PR sempre tolerou isso pelos ótimos resultados alcançados pela lava jato

Ângelo - 10:02:13 - Ele nos vê como "mal constitucionalmente necessário", um desperdício de dinheiro. Continua, após o anúncio.

Monique - 10:02:30 - Se depender dele, seremos ignorados.

Ângelo - 10:03:02 - Afinal, se já tem juiz, por que outro sujeito processual com as mesmas garantias e a mesma independência? Duplicação inútil. E ainda podendo encher o saco.

Monique - 10:03:43 - E essa fama do Moro é antiga. Desde que eu estava no Paraná, em 2008, ele já atuava assim. Alguns colegas do MPF do PR diziam que gostavam da pro atividade dele, que inclusive aprendiam com isso.

Ângelo - 10:04:30 - Fez umas tabelinhas lá, absolvendo aqui para a gente recorrer ali, mas na investigação criminal - a única coisa que interessa -, opa, a dupla polícia/ juiz eh senhora.

Monique - 10:04:31 - Moro viola sempre o sistema acusatório e é tolerado por seus resultados.

Mais recentes: