Caos | Governo demite mais 36 do Programa Mais Médicos! Nenhum era cubano. Confira...

Política |  O governo Bolsonaro continua a destruir — de forma criminosa e desumana — os programas sociais criados pelos governos do PT. Só os pobres sofrem com isso.

COMPARTILHE!

Bolsonaro e Sérgio Moro ajudam a fazer um governo que destrói os poucos programas sociais que existem no Brasil. Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil
Bolsonaro e Sérgio Moro ajudam a fazer um governo que destrói os poucos programas sociais que existem no Brasil. Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

O governo Bolsonaro continua a jogar bombas na cabeça da maioria do povo brasileiro. Segundo matéria de hoje (6) do Globo, a União não renova contratos e só a prefeitura de São Paulo teve que demitir 36 médicos do Mais Médicos, programa do governo federal criado pela presidenta Dilma Rousseff (PT) em julho de 2013. Nenhum era cubano. "Segundo a Federação Nacional dos Médicos (Fenam), um profissional pode atender até cem pacientes durante um plantão de 12 horas. Neste caso, diariamente 3.600 pacientes paulistas estarão desassistidos." Continua, após o anúncio.

Desculpa criminosa

Desde que assumiu em janeiro deste ano, Jair Bolsonaro tem-se mostrado um inimigo voraz de todos os projetos sociais criados na era PT. Em relação ao Mais Médicos, tratou logo nas primeiras horas de expulsar os cubanos que faziam parte do programa, sob a desculpa criminosa de que eram "guerrilheiros comunistas" sustentados com dinheiro público. 

Tal desculpa criminosa fez com que mais de 7 mil  deixassem o Brasil. Com isso, centenas de milhares de brasileiros humildes — em particular crianças e idosos — ficaram sem assistência médica. Continua, após o anúncio.

O programa Mais Médicos contratou 18.240 profissionais para atuar em todas as regiões do país. Destes, apenas 7.519 eram cubanos que vieram para o Brasil somente porque brasileiros se recusavam a ir para regiões mais carentes. Portanto, é totalmente esfarrapada — e criminosa — a fake news espalhada por Bolsonaro de que os médicos cubanos eram "guerrilheiros comunistas". Tanto isto é verdade, que agora o governo passou a demitir os brasileiros, como no caso dos 36 médicos paulistas que foram mandados embora.

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas de interesse social!

Mais recentes sobre política:

Mais recentes do site: