Urgente | Fato sobre o militar dos 39kg de cocaína envolve o 03 e viraliza nas redes sociais! Veja...

COMPARTILHE!

Deputado Eduardo Bolsonaro. Foto: José Cruz/Agência Brasil. Efeito em preto e branco: Gazeta do Povão.
Deputado Eduardo Bolsonaro. Foto: José Cruz/Agência Brasil. Efeito em preto e branco: Gazeta do Povão.

Categoria: Bozos | Segundo reportagem exclusiva do portal Diário do Centro do Mundo (DCM), o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) está impedindo o sargento da FAB Manoel Silva Rodrigues de se manifestar na Câmara dos Deputados sobre os 39 kg de cocaína que o militar teria transportado em avião da comitiva presidencial de Jair Bolsonaro.

O 03, como é chamado o filho do capitão, é presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara e já convocou uma sessão onde esse militar Manoel Rodrigues foi acusado de tráfico de drogas. Em virtude disso, o sargento — que continua preso na Espanha —, quer dar sua versão dos fatos e abriu um processo contra Eduardo Bolsonaro. A matéria viralizou e os internautas querem saber por que o 03 não quer que o militar dos 39kg de cocaína seja ouvido na comissão que preside.

Diário Oficial comprova

Para dar sustentação à sua reportagem, o DCM postou em sua página uma imagem do último dia 9 de setembro do Diário Oficial da Justiça do Distrito Federal. Nela se pode ver que o sargento pego com os 39kg de cocaína abriu um processo contra Eduardo Bolsonaro e fez o pedido para ser ouvido na Câmara dos Deputados. Veja:

Reprodução do Diário Oficial da Justiça do Distrito Federal do dia 9 de setembro deste ano, em que consta o pedido do sargento preso na Espanha para ser ouvido na Câmara dos Deputados (Fonte: TJDFT)
Reprodução do Diário Oficial da Justiça do Distrito Federal do dia 9 de setembro deste ano, em que consta o pedido do sargento preso na Espanha para ser ouvido na Câmara dos Deputados (Fonte: TJDFT)

Continua, após o anúncio.

Caso complicado

A reação de Eduardo Bolsonaro em relação a tal caso é cada vez mais estranha. Ainda de acordo com a matéria do DCM, "no mesmo processo judicial movido contra o 03, o militar dos 39kg de cocaína diz ter enviado uma série de pedidos por email ao filho do presidente, mas que não recebeu qualquer resposta." Qual a razão de tanto silêncio? Quem de fato seria o dono da cocaína?

Direito

O militar argumenta que é legítima a sua manifestação perante a Comissão de Relações Exteriores em razão do direito de resposta que lhe é assegurado por lei, uma vez que foi acusado de tráfico de drogas nessa mesma Comissão, em sessão convocada pelo próprio Eduardo Bolsonaro. Deixe o homem falar, o3!

Mais recentes sobre bozos:

Mais recentes do site: