Arrocho / Governo quer cobrar impostos de quem faz bicos para sobreviver! Confira...

Bolsonaro e sua equipe econômica fazem uma verdadeira caçada aos mais pobres..
Bolsonaro e sua equipe econômica fazem uma verdadeira caçada aos mais pobres..

Economia | Medida, se posta em prática, prejudicará mais de 24,2 milhões de pessoas, segundo pesquisa de agosto feita pelo IBGE. 

COMPARTILHE!

Após cortar direitos trabalhistas e investir contra a aposentadoria da maioria da população, o governo Bolsonaro agora quer pegar os que fazem bicos para tentar sobreviver. Segundo matéria de hoje (19) do Globo, o presidente e sua equipe econômica querem cobrar impostos de mais de 24,2 milhões de pessoas que "se viram nos trinta" em todo o País. 

O alvo, segundo a matéria do jornalão, são "motoristas [de Uber e demais aplicativos semelhantes], web designers e profissionais dos ramos de beleza, assistência técnica, consultoria, eventos e serviços domésticos, entre outros. Em paralelo, já se discute a reformulação do programa do Microempreendedor Individual (MEI)." Continua, após o anúncio.

Governo diz que pobre pode pagar

Postagem do Globo diz também que: "Segundo um técnico a par das discussões, ainda não há um diagnóstico fechado sobre o universo e a renda desses trabalhadores, mas é sabido que muitos conseguem um bom rendimento e teriam condições de recolher tanto para a Previdência quanto para a Receita."

IBGE diz que são mais de 24,2 milhões

Caso o governo ponha em prática essa sua medida, mais de 24,2 milhões de pessoas serão prejudicadas. Esta é a quantidade dos que fazem bicos no Brasil, de acordo com pesquisa do IBGE divulgada em agosto deste ano. Continua, após o anúncio.

Desculpas

Para meter a faca em quem tenta sobreviver por conta própria o governo Bolsonaro alega que uma "das preocupações da área econômica é com as contas da Previdência, pois esses trabalhadores não contribuem para o sistema e mais tarde tenderão a cair na dependência da União, seja na aposentadoria por idade ou no Benefício de Prestação Continuada (BPC)." Os grandes sonegadores de impostos, no entanto, continuarão livres e soltos por aí.

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas de interesse social!

Mais recentes sobre Economia:

Mais recentes do site: