Justiça | Conto macabro sobre a morte de Doria permanecerá na Internet, decide juíza! Veja...

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil.
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil.

Texto deixou o governador em estado de pânico

Categoria: Cultura | Em sentença assinada no início de junho, a juíza Samira de Castro Lorena, da 1ª Vara Civil de Jabaquara, não aceitou o pedido de João Doria (PSDB-SP) para retirar da internet um macabro conto que narra a morte do atual governador de São Paulo.

Xixi

A peça — de autoria do agora renomado escritor William Dunne — foi publicado em 28 de abril de 2017 no site do Partido da Causa OperáriaPCO. O título certamente fez Doria mijar nas calças: "Sobre a brutal morte do prefeito João Doria." Continua, após o anúncio.

Diarreia

Se o título do conto abalou o psicológico do governador, trechos e desfecho da narrativa com certeza fizeram o tucano cagar nas calças. Ações se passam após revolta generalizada desencadeada por uma ação policial contra manifestantes que apoiavam uma greve geral. Veja:

"Antes que o desgraçado conseguisse alcançar o helicóptero na cobertura da prefeitura, em uma tentativa de fuga que se revelaria fútil, aquele inimigo do povo foi apropriadamente capturado como um animal. A euforia parecia ter-se impregnado no ar frio de final de abril. A turba dava vazão a anos de fúria acumulada."

"Depois de apanhar muito, lá estava Doria, lá embaixo, todo ensanguentado, sendo jogado de um lado pro outro no viaduto do Chá."

"De repente, o prefeito foi apanhado pelos braços e pelas pernas, e começou a ser balançado de um lado para o outro. Quando já tinha pego o impulso necessário, o alcaide foi arremessado da ponte." 

"Doria decolou para fazer seu último voo, não de helicóptero, mas direto pro chão, para se espatifar todo no Vale do Anhangabaú."

"Um silêncio solene antecedeu à irrupção de uma grande festa. O povo estava aliviado por se livrar de tal peso inútil das suas costas."

"Pega Doria, pega esse filho da puta"

Na ação em que pede à justiça para censurar o conto de William Dunne, advogados de Doria citam que após publicação do texto passou a ser comum internautas postarem: "Pega Doria, pega esse filho da puta"

Esse na verdade é o trecho que abre a narrativa e que faz o governador ficar sem dormir. Dunne, além de escritor, é também do PCO. Está de parabéns. Seria indicado que escrevesse também uns contos sobre os destinos de Bolsonaro e Moro.

Mais recentes: