Mais um crime | Nova matéria do Intercept e Folha mostra que Dallagnol mandou espionar Dias Toffoli! Veja...

Deltan atuou na Lava Jato como um criminoso. Imagens: Agência Brasil. Arte: Gazeta do Povão.
Deltan atuou na Lava Jato como um criminoso. Imagens: Agência Brasil. Arte: Gazeta do Povão.

Dallagnol tem que ser afastado imediatamente do serviço público.

Categoria: MOROGATE | Novas mensagens divulgadas hoje (1) pelo The Intercept Brasil e Folha de S.Paulo revelam novamente a escalada de crimes cometidos por Deltan Dallagnol à frente da Lava Jato. Reportagem desta vez mostra que Dallagnol incentivou a força-tarefa a investigar de forma clandestina o ministro Dias Toffoli, que atualmente presidente o STF. Um aprendiz de mafioso, esse procurador.

Segundo a matéria do Intercept: "Mensagens revelam que Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, buscou informações sobre as finanças pessoais de Toffoli e sua mulher e evidências que os ligassem a empreiteiras envolvidas com a corrupção na Petrobras."

Criminoso

Tal notícia do Intercept mostra que Dallagnol agiu como um criminoso ao incentivar espionagem contra um ministro do Supremo, algo proibido por lei:

"Ministros do STF não podem ser investigados por procuradores da primeira instância, como Dallagnol e os demais integrantes da força-tarefa. A Constituição diz que eles só podem ser julgados pelo próprio tribunal, onde quem atua em nome do Ministério Público Federal é o procurador-geral da República."

"As mensagens examinadas pela Folha e pelo Intercept mostram que Dallagnol desprezou esses limites ao estimular uma ofensiva contra Toffoli e sugerem que ele também recorreu à Receita Federal para levantar informações sobre o escritório de advocacia da mulher do ministro, Roberta Rangel." Continua, após o anúncio.

Veja o conteúdo de algumas mensagens!

Continua, apos o anúncio.

Dallagnol não foi atendido. Mas o procurador insistiu: 

Afastamento

Deltan Dallagnol já deveria ter sido afastado de suas funções de servidor público, pelo menos enquanto não se esclarece todos esses ilícitos revelados pelo The Intercept. Ao permanecer no cargo, ajuda a emporcalhar ainda mais a já emporcalhada Lava Jato.

Mais recentes: