Mijo-cocô | Ninguém representa melhor o governo Bolsonaro nos EUA que o Zero 3! Veja...

Eduardo Bolsonaro. Arte: Gazeta do Povão. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.
Eduardo Bolsonaro. Arte: Gazeta do Povão. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

Eduardo Bolsonaro é uma espécie de síntese do Flávio Bolsonaro — o Zero 1, com o Carlos Bolsonaro — o Zero 2. É um misto de mijo e cocô. Representa bem o atual governo.

Categoria: Bozos  | Criou-se — em particular nos sites de esquerda e nas redes sociais — um verdadeiro "Deus nos acuda" por conta de que Eduardo Bolsonaro — o Zero 3 — poderá vir a ser o embaixador do Brasil nos EUA. Alegam que ele não teria preparo para tamanha missão. Tudo bobagem de gente romântica.

Nesse atual governo, pouquíssimos que permeiam o mundo bolsonarista tem tanto preparo para ser embaixador nos EUA como tem o Zero 3. Ele é uma espécie de síntese do Flávio Bolsonaro — o Zero 1, com o Carlos Bolsonaro — o Zero 2. Ou seja, para representar a bosta Bolsonaro, só mesmo um misto de mijo e cocô. E o Eduardo Bolsonaro representa isso muito bem.

Publicidade

Brasil?

Mas podem dizer: "É o nome do Brasil que está em jogo!" Não! Não é o nome do Brasil que está em jogo. A não ser que aceitem que Bolsonaro representa o Brasil em alguma coisa que não seja submissão, autoritarismo, atraso, fanatismo e mentiras. Continua, após o anúncio.

Bolsonaro é uma merda e, como tal, só poderia mesmo indicar Eduardo Bolsonaro para representá-lo nos EUA. Ele próprio sabe que nada tem a ver com a maioria do povo nem com os interesses maiores do nosso país. Por isso quer indicar um mijo-cocô. É para representá-lo. Não é para representar o Brasil. É bom a gente aceitar.

Mais recentes: