Em crise, educadores pedem alimentos e doações em dinheiro!

Educação | Situação chegou ao extremo e é preciso escolher entre comer ou pagar contas.

Foto: arquivos Webnode.
Foto: arquivos Webnode.

BLOG DO POVOA situação está muito difícil para os educadores da Rede Estadual do Rio Grande do Sul. Segundo matéria do CPERS, sindicato que representa a categoria, este é o quadro: "Cinco anos de salários congelados e parcelados, sofrimento psíquico, contas no vermelho, sem dinheiro para ir trabalhar e escolhendo entre comer e pagar as contas."  

Os problemas se agravaram ainda mais porque o governador "Eduardo Leite (PSDB) puniu grevistas que lutaram por seus direitos cortando o salário de mais de 20 mil trabalhadores(as)." 

Para tentar amenizar a situação está sendo feita uma campanha para doação de cestas básicas e ajuda em dinheiro. Continua, após o anúncio.

Como funciona:

1. Para ajudar ou receber ajuda, é preciso preencher um formulário no site do sindicato.
2. Para solicitar cestas básicas, é necessário ser sócio(a) do CPERS e não ter conseguido sacar o 13º e/ou ter sofrido corte de ponto em razão da greve.
3. Cestas básicas podem ser entregues diretamente nos 42 núcleos do CPERS.
4. As doações em dinheiro podem ser depositadas na seguinte conta, criada exclusivamente para este fim: Ag: 0100 / Conta: 064241800-7 / CNPJ: 92.908.144/0001-69.
5. Os educadores(as) que necessitam de auxílio serão contatados pelo CPERS quando da disponibilidade de cestas básicas para combinar a retirada.

(CPERS, 21/01/2020)

COMPARTILHE!

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre Educação:

Mais recentes do site: