Golpe que derrubou Dilma fez educação estagnar e Brasil cair em ranking da ONU!

Educação | Medidas impostas após o golpe, como a PEC da Morte, proíbem novos investimentos em saúde e educação por vinte anos, o que impacta negativamente no ranking da ONU.

COMPARTILHE!

Presidenta Dilma Rousseff em agosto de 2016, no dia em que sofreu impeachment no Senado. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.
Presidenta Dilma Rousseff em agosto de 2016, no dia em que sofreu impeachment no Senado. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

BLOG DO POVO | Segundo dados divulgados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o Brasil caiu no ranking de desenvolvimento humano da ONU e passou da 78ª posição em 2017 para a 79ª no ano passado. Matéria exclusiva para assinantes do Globo (9) diz que uma das principais causas desse declínio é a estagnação na escolaridade. "O período esperado para que as pessoas fiquem na escola está parado em 15,4 anos desde 2016 [ano do impeachment da presidenta Dilma]. A média de anos de estudo foi de 7,8 anos, mesmo patamar de 2017." Continua, após o anúncio.

Leia também:

Golpe e corte de investimentos

Para quem não lembra, 2016 foi o ano em que a presidenta Dilma Rousseff (PT) sofreu um golpe e foi afastada do cargo que exercia legitimamente. Seu sucessor — o golpista Michel Temer — adotou como primeira medida a chamada PEC da Morte, que congelou verbas da saúde e educação por vinte anos e impediu e impede novos investimentos nesses setores. O presidente Bolsonaro mantém a medida com mãos de ferro. Por isso a estagnação nos índices de escolaridade e a queda no ranking de IDH da ONU.

Piso dos professores

As políticas recessivas impostas pós golpe que derrubou Dilma Rousseff impactaram em cheio a educação. Pequeno exemplo disso é o caso dos reajustes do piso nacional dos professores, que caíram drasticamente. Enquanto a presidenta petista concedeu em seu primeiro mandato e um ano do outro 62,88% de correção, após sua saída os reajustes somados não chegam a 19%. Sem valorizar os educadores, como os índices em escolaridade podem melhorar?

COMPARTILHE!

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre Educação:

Mais recentes do site: