2º turno | Governo e aliados querem confirmar fim da aposentadoria dos trabalhadores na terça! Veja...

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, e Joice Hasselmann (PSL-SP), líder do governo Bolsonaro no Congresso. Dupla se prepara para tentar enterrar de vez a aposentadoria dos trabalhadores. Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados.
Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, e Joice Hasselmann (PSL-SP), líder do governo Bolsonaro no Congresso. Dupla se prepara para tentar enterrar de vez a aposentadoria dos trabalhadores. Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados.

Querem jogar uma pá de cal na aposentadoria da maioria do povo.

Categoria: Economia | A Câmara dos Deputados pode votar a partir de terça-feira (6), em segundo turno, a proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19). O texto aumenta o tempo para se aposentar, reduz o valor do benefício à média de todos os salários, eleva as alíquotas de contribuição e estabelece regras de transição muito duras para quem está próximo de ir para casa. Informe de que a votação poderá ser a partir de terça (6) está publicado no Portal da Câmara desde o último dia 2, sexta. Continua, após o anúncio.

Na linha de frente para tentar confirmar na prática o fim da aposentadoria dos trabalhadores, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, e a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), líder do governo Bolsonaro no CongressoContinua, após o anúncio.

308 deputados

"Da mesma forma que o primeiro turno, a proposta precisa do voto de um mínimo de 308 deputados para ser aprovada e então enviada ao Senado, onde também passará por dois turnos de votação", diz ainda o Portal da Câmara.

R$ 1 trilhão das costas dos trabalhadores

Com a reforma, Bolsonaro e aliados na Câmara e no.Senado querem arrancar em dez anos R$ 1 trilhão das costas dos trabalhadores para beneficiar bancos e grandes empresas.

Calados novamente?

O povo e as lideranças sindicais ficarão mudos novamente nessa segunda votação?

Mais recentes: