15 |A Educação para contra o corte de recursos! Veja...

A luta contra o fim da escola pública

Categoria: Educação | Hoje, 15,  a aula é na rua! A Educação para em todo o país. Estudantes, professores e funcionários do magistério se mobilizam contra os cortes feitos pelo governo Bolsonaro nessa á´rea. É uma luta de toda a sociedade. Ninguém aceita que as universidades, institutos federais e escolas da Educação Básica fechem as portas por falta de recursos. 

Mais tesoura 

Além dos cortes já implementados, o ministro Abraham Weintraub anunciou ontem (14) que mais tesoura poderá vir a ser usada no MEC. "A única certeza na vida é a morte e os impostos", falou, segundo matéria da Folha de S.Paulo.

Despesas não obrigatórias?

Em matéria do dia 11 (sábado), O Globo tenta justificar os cortes do governo e diz:

Os 30% de bloqueio se referem não ao orçamento total das universidades, mas apenas à verba para despesas discricionárias — as não obrigatórias, que incluem pagamento de contas de luz, telefone e água, de terceirizados (como funcionários responsáveis por limpeza, segurança e manutenção) e investimentos (incluindo pesquisas). Continua, após o anúncio.

Ora, como uma universidade ou estabelecimento qualquer de ensino vai funcionar sem água, luz, telefone, pesquisa, limpeza e segurança? A ideia do governo é clara: sucatear para obrigar os alunos a irem para a rede privada. E quem não puder pagar? Fica na rede pública com sujeira, sem segurança, no escuro e com sede.

Portanto, hoje, alunos, professores e demais funcionários do magistério devem sair às ruas em massa para sacudir o país e fazer o governo Bolsonaro devolver o dinheiro da Educação. Não é permitido vacilar! 

Curta nossa página!

Mais recentes: