Nova redução no valor do salário mínimo atinge também outros direitos dos trabalhadores!

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Dinheiro / Medida faz diminuir os reajustes dos benefícios assistenciais, previdenciários, além do abono salarial e do seguro-desemprego, baseados no piso salarial do país.

COMPARTILHE!

BlOG DO POVO / Dentro da sua lógica perversa de arrochar cada vez mais o bolso do trabalhador, o governo Bolsonaro anunciou novo e criminoso corte no valor do salário mínimo previsto para 2020. 

Em agosto deste ano, Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes já haviam anunciado uma redução de R$ 1.040,00 para R$ 1.039,00. Agora, anunciam nova revisão para R$ 1.030,00. 

Com isso, já são R$ 10,00 que pretendem tirar todo mês do bolso dos trabalhadores e das trabalhadoras no próximo ano. Medida traz outros sérios prejuízos para quem produz de fato as riquezas do País. Continua, após o anúncio.

Corte no valor de benefícios

O corte no valor do salário mínimo implica também no corte de outros direitos dos trabalhadores. Com a medida, o governo vai diminuir também os reajustes dos benefícios assistenciais, previdenciários, além do abono salarial e do seguro-desemprego, baseados no piso salarial do país.

Acabar política de crescimento criado pelo PT

Com os sucessivos cortes nos reajustes do salário mínimo, o governo Bolsonaro cumpre uma de suas metas malditas que é extinguir a política de crescimento criada na era Lula e Dilma. O PT valorizou o salário mínimo ao reajustar o benefício pelo INPC mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB) dos dois anos anteriores. O capitão e sua turma querem reajustes apenas pela inflação oficial do governo.

Com informações de: CUT Nacional

COMPARTILHE!

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre Dinheiro:

Mais recentes do site: