Está liso como quiabo? Leve uma grana com o que ele posta na rede! Veja...

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Basta um Canal no You Tube ou um blog qualquer

Categoria: Economia | Você está liso quem nem quiabo e anda tão pra baixo que nem pinto de ancião? Não se enfeze! Saiba que é possível ganhar uma boa bufunfa com as merdas que o presidente Bolsonaro diz pelas redes sociais. O que é preciso fazer?

Não é complicado. Abra um canal 0800 no You Tube e comece a tagarelar sobre qualquer coisa que você conheça mais ou menos bem. As besteiras do Bolsonaro são um prato cheio para isso. Continua, após o anúncio.

Aí se inscreva também grátis no Google AdSense e comece a veicular propagandas na sua TV particular. É tudo fácil. Existem dezenas de tutoriais no próprio You Tube que mostram como fazer. De graça! E o que as presepadas do Bolsonaro têm a ver com isso? 

Simples! O AdSense paga todo mês tudo o que você gerar em seu canal. E em dólares americanos. Quando o capitão diz uma besteira aqui o real cai e o dólar se valoriza em relação ao mesmo. 

Aí se você tem, por exemplo, 100 dólares para receber a 3,70 em relação ao real, você leva 370 em nossa moeda. Mas se o dólar sobe e vai a 3,84 — como ocorreu após o capitão postar vídeo expondo o fubica alheio — aí você ganha 14 reais a mais. Entendeu?

Além do canal no You Tube, você pode fazer a mesma coisa com um site ou blog qualquer. O procedimento é o mesmo em relação ao AdSense. Em tempos de vacas magras, vale apostar. Basta ver que quando o capitão entrou um dólar era 3,14 reais.


Dicionário do povão: liso que nem quiabo significa sem um tostão. Pra baixo que nem pinto de ancião é o mesmo que desmotivado, quase a cometer uma besteira contra si mesmo. Bufunfa é dinheiro. Galhas é relativo a adultério, traição. Fubica é ânus. E presepada, termo mais comum, é trapalhada.