Aposentadoria do trabalhador em troca do dinheiro dos sindicatos! Veja...

É um duro golpe nos trabalhadores

Categoria: Podres Poderes | Líderes de centrais sindicais aliadas ao governo Bolsonaro cogitam trocar a aposentadoria dos trabalhadores pelos descontos automáticos na folha salarial para os sindicatos. Segundo matéria de hoje (5) da Folha de S.PauloRicardo Patah, da UGT, é um dos que estariam à frente desse tipo de negociata.

Entenda

Bolsonaro editou recentemente a Medida Provisória 873/2019, que proíbe o desconto automático da contribuição que incide sobre a folha salarial para os sindicatos, aquele dinheiro que o trabalhador dá para a entidade que o representa. Continua, após o anúncio.

Com a MP, o trabalhador teria que pagar sua contribuição ao sindicato através de boleto ou outra via bancária, o que, consequentemente, poderia quebrar as entidades, vez que muitos deixariam de contribuir.

Acordão

Diz a Folha: "Lideranças das principais centrais dizem que, do jeito que está, a MP pode asfixiá-las. Por isso, pressionam seus parlamentares a barganhar um acordo com o governo em troca da reforma da Previdência."

Ou seja, o governo relaxa a MP e, em troca,  líderes de centrais sindicais passariam a apoiar a reforma da Previdência, isto é, o fim da aposentadoria dos trabalhadores. Um duro golpe em quem produz as riquezas do país. 

Centrais sindicais independentes do governo, como a CUT, CTB e Conlutas não podem participar desse tipo de trapaça e traição. Direitos dos sindicatos e aposentadoria dos trabalhadores se garante é na luta.

Curta nossa página e receba atualizações!

+ recentes sobre podres poderes: