Medicamentos à base de maconha tem aprovação até de general e Bolsonaro!

Foto: aplicativo Canva.
Foto: aplicativo Canva.

Gerais | Conservadores, no entanto, são contra o cultivo em território nacional.

COMPARTILHE!

BLOG DO POVO / A regulamentação do registro e da venda de medicamentos à base de cannabis — a popular maconha — foi aprovada ontem (3) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Remédios poderão ser comercializados em em farmácias e drogarias de todo o País. Medida angariou simpatia até do general Eduardo Villas Bôas e do presidente Bolsonaro. Conservadores, no entanto, são contra o cultivo da erva em território nacional.

Leia também:

Veto

Apesar de concorda com o uso da maconha como remédio, o general Villas Bôas afirmou ainda que apoia o veto ao plantio de maconha em território nacional. "A fiscalização seria muito difícil", argumentou. Questionado sobre se considerava a maconha uma droga ou um remédio, o general foi enfático: "Maconha é droga". 

Pelo Twitter, Bolsonaro se limitou a dizer que "autorização de Cannabis pela Anvisa vai melhorar tratamento".

Não deixa de ser um avanço.

COMPARTILHE!

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre notícias gerais:

Mais recentes do site: