"Recuo" de porteiro após pressão aumenta as suspeitas contra família Bolsonaro!

Bozos / Como o porteiro poderia ter dito duas vezes a autoridades que falou com "Seu Jair" e agora diz que se enganou? Enganou-se mesmo ou agiu desta vez movido por pressões?

COMPARTILHE!

BLOG DO POVO / Soou no mínimo muito estranha a nova declaração dada à Polícia Federal pelo porteiro do condomínio Vivendas da Barra. Após semanas de intensa pressão pela grande mídia e redes sociais, onde se especulou até mesmo que poderia ser morto, o funcionário recua e diz que "se enganou" e que não falou pelo interfone com "Seu Jair" Bolsonaro no dia dos assassinatos da ex-vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes. Continua, após o anúncio.

Pressão e álibi

Como o moço poderia ter dito duas vezes em depoimento a autoridades que falou com "Seu Jair" e agora diz que foi engano? Enganou-se mesmo duas vezes ou agiu agora movido por pressões? Para muitos analistas, esse "recuo" foi fabricado para isentar a família Bolsonaro de participação nos bárbaros crimes.

Segundo matéria do Estadão (20), "apesar de dizer que se sentiu 'pressionado', Alberto Mateus afirmou que ninguém o pressionou a prestar a [nova] versão em que menciona [e isenta] o presidente." 

Será mesmo que foi assim? Parece que essa história está muito mal contada...

COMPARTILHE!

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre Bozos:

Mais recentes do site: