Machismo | 'Professora' é definida como 'prostituta' no Google e no Novo Dicionário Aurélio! Confira...

Imagem: aplicativo Canva.
Imagem: aplicativo Canva.

Educação / A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação — CNTE — notificou os responsáveis para que revejam suas posições, sob pena de sofrerem ações judiciais

COMPARTILHE!

BLOG DO POVO | A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) denuncia em seu portal de notícias (22) que o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa define o substantivo feminino 'professora' de forma machista e misógina, dando ao termo o sinônimo de 'prostituta'. A CNTE informa também que o site de buscas Google adota o mesmo procedimento e que ambos serão notificados para que revejam suas posições. Continua, após o anúncio.

Definição

Diz o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa:

Professora: "[...] 1. Mulher que ensina ou exerce o professorado; mestra. 2. Bras. N.E. Pop. Prostituta com que adolescentes se iniciam na vida sexual [...]".  

Respeito às prostitutas

A CNTE deixa claro em sua Nota Pública que respeita as prostitutas brasileiras e defende inclusive que elas tenham o direito de se organizar numa categoria profissional. No entanto, afirma que "considera inapropriado, machista e misógino confundir a definição gramatical (ainda que em contexto de expressão popular, como sugere o dicionário Aurélio) das palavras "professora" com "prostituta". Continua, após o anúncio.

Notificações extrajudicial e judicial

Por fim, a CNTE diz que: "Em razão do exposto, a CNTE reitera sua repulsa aos termos machistas utilizados tanto pelo dicionário Aurélio - uma das referências de nossa literatura - quanto pelo Google, este último por não adotar filtros em suas publicações, devendo ambos os responsáveis serem notificados extrajudicialmente e judicialmente, se necessário, para que revejam suas publicações."

COMPARTILHE!

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas de interesse social!

Mais recentes sobre Educação:

Mais recentes do site: