Reforma que reduz em 25% salário de servidor fica para 2020, confirma o governo!

Atualizada em 27/11/2019, às 23:46

Economia | Reforma Administrativa é uma das mais impopulares do governo.

COMPARTILHE!

BlOG DO POVO / O governo Bolsonaro confirmou que a Reforma Administrativa será enviada ao Congresso apenas em 2020. Informação é do porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros e está em matéria publicada ontem (26) à noite no site da Agência Brasil.  

Medida era para ser levada a discussão ainda este ano e propõe duros ataques ao funcionalismo de todo o País, como redução de 25% nos salários, quebra da estabilidade e congelamento da ascensão funcional dos servidores. Projeto é considerado um dos mais impopulares do governo. Continua, após o anúncio. 

Leia também:

Medo

Matéria da Folha de S.Paulo (23) diz que "de acordo com o porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, Bolsonaro ordenou que sejam ampliadas as análises sobre o projeto [de Reforma Administrativa]. E isso oficialmente adiará a entrega do pacote para o próximo ano."

Jair Bolsonaro está é com medo do povo. Imagine se os servidores públicos brasileiros estivessem mobilizados como os trabalhadores do Chile, Bolívia e Colômbia...

COMPARTILHE!

Acompanhe nossas redes sociais e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre Economia:

Mais recentes do site: